Como montar o cantinho de leitura do seu filho

O desejo de inserir o hábito da leitura na vida dos pequenos é crescente nas famílias. E isso é ótimo! A leitura na hora de dormir geralmente é a primeira ação que colocamos em prática. Além de ajudar na hora do sono e criar aquele momento especial de vínculo, traz a leitura como uma prática constante.

Para que as crianças criem intimidade com os livros, é interessante que o livro esteja acessível às pequenas mãozinhas, para que possam em outros momentos do dia pegá-los e manipulá-los, explorando ao máximo o objeto.

Criar um cantinho de leitura é uma maneira incrível de aproximar livros e crianças. O mais bacana desse espaço é que ele é altamente democrático e pode ser montado em qualquer espaço da casa, tudo vai depender do espaço que cada família dispõe.

O que tem aí?, da Rosinha. Compre na loja da Jujuba

Por onde começar?

A premissa básica para os cantinhos de leitura é que os livros estejam disponíveis para que a criança os pegue a qualquer momento, assim como fazemos com os brinquedos. Portanto, investir em prateleiras baixas, caixotes ou cestos talvez seja o primeiro passo. Se possível, mantenham os livros com as capas de frente, para que elas consigam ver qual o livro está escolhendo. Se não tiver espaço para isso, não tem problema. Com certeza as crianças vão tirar todos os livros do cesto ou caixote para escolher o seu preferido.

O segundo passo é deixar o espaço confortável, assim, vale investir em almofadas e tapetes confortáveis. O importante é que a criança se sinta à vontade no ambiente.

Outra dica valiosa é: estabeleça o cantinho da leitura em um local bem iluminado e longe de TV e outros eletrônicos, para que os livros não precisem competir com esses objetos.

Se você ainda está meio perdida de como planejar esse espaço, então, assista a entrevista que fizemos com a designer de interiores Natália Castello, do Studio Farfalla, em que ela conta como planejar um cantinho de leitura perfeito: 

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Jujuba (@jujubaeditora_)

 

Utilize o espaço com seu filho

O contato com os livros é importante desde a gestação. Ler com os bebês, desde a barriga, ajuda em seu desenvolvimento e abre as portas para a criação de vínculos. 

Você sabia que a partir do quarto mês de gestação, aproximadamente, o aparelho auditivo do bebê começa a ser desenvolvido? Assim, desde muito cedo ele inicia o reconhecimento da voz da mãe, que o carrega e o embala, antes mesmo de nascer. Quando, então, o bebê nasce, a voz materna é acalento para esse universo novo de sons, cheiros, luzes e temperaturas. 

Isso posto, o cantinho de leitura pode existir ainda quando o bebê está na barriga, quando a mãe começa a ler para ele. Quando o pequeno estiver do lado de fora, o espaço pode ser explorado desde os primeiros dias de vida, com as mesmas leituras e outras novas. 

A Jujuba, inclusive, possui a coleção Literatura de Colo que lança livros pensados para a primeiríssima infância, período que vai da gestação aos 3 anos de idade, e oferece a literatura como instrumento para uma relação afetiva entre mãe e bebê.

Mas, se você já passou dessa fase e seu filho está maiorzinho, está tudo bem. Nunca é tarde para explorar um espaço de leitura junto do seu filho. Nesse caso, que tal criarem juntos? Pergunte ao pequeno o que ele gostaria que tivesse nesse local, decorem em dupla e utilizem o espaço juntos. Deixe que seu filho indique os livros preferidos e guie o seu olhar pela literatura. É uma experiência incrível, tenha certeza!

Compartilhar Post
Escrito por
Sem Comentários

Deixe um comentário