As cantigas e a introdução à literatura

Evélio Cabrejo-Parra, especialista em leitura na primeira infância, afirma que o bebê é um músico em estado puro, portanto, é preciso oferecer a ele algo musical e a voz humana passa por esse lugar.

Assim, as cantigas podem ser um portal de introdução à literatura. Isso porque elas são músicas que fazem parte da cultura dos povos e, portanto, traduzem o conhecimento popular, passado de geração em geração. 

Com letras simples e rimadas, as cantigas contam sempre uma história. Pensadas especialmente para os pequenos, podem ter o intuito de divertir simplesmente ou transmitir alguma informação, como as cantigas ninar, que pontuam que é hora de diminuir o ritmo e descansar.

Além disso, as cantigas podem ser definidas como canções curtas ou versos geralmente lidos ou cantados, segundo a Oxford Bibliographies. Sendo assim, não seriam as cantigas, de certa forma, literatura?

Ao serem lidas e não cantadas, a rima, sempre presente nas cantigas, traz sonoridade para os versos fazendo com que a leitura entre em uma direção em contraposição à fala cotidiana, possibilitando que o bebê e a criança escutem diversas músicas da língua.

O casamento do rato com a filha do besouro, de Rosinha. Compre na loja da Jujuba!

Experimente ler as cantigas

Ao invés de cantar, experimente contar a história de alguma cantiga. Pode ser a da barata e suas saias de filó, ou a dona aranha que insiste em subir pela parede e até a briga do cravo com a rosa.

Esses versos, quando lidos, ganham corpo, entonação e chamam a atenção dos pequenos, é a chance de mostrar para eles o quão mágica é a literatura. 

A Rosinha, autora e ilustradora, tem dois livros editados pela Jujuba que cumprem esse papel tão maravilhoso. São eles: O casamento do rato com a filha do besouro e Quero que você me diga. Ambos são resultado de histórias recolhidas por Pereira da Costa, um grande pesquisador da cultura popular, que viveu entre 1851 e 1923. 

Quero que você me diga, de Rosinha. Compre na loja da Jujuba!

Aliás, pode se dizer que Rosinha é filha das cantigas. Quando criança, seus pais contavam histórias, cantavam, dançavam e liam poesias para ela. Foi assim que ela se apaixonou pelos livros e pela cultura popular.

Experimente, então, ler e cantar para seus filhos. Esse é um bom caminho para introduzir a literatura na vida de vocês!

Compartilhar Post
Escrito por
Sem Comentários

Deixe um comentário