10 brincadeiras para fazer em casa nas férias

As férias chegaram, a criançada em casa e às vezes faltam ideias para entreter as crianças. Então, para ajudar na diversão por aí, separamos 10 ideias de brincadeiras para se fazer em casa. Divirtam-se!

  • Dia da fantasia

A ideia é que a família toda entre na brincadeira. Não precisa ser uma fantasia muito elaborada ou específica. A intenção é deixar a imaginação tomar conta e cada um se caracterizar com o que tem disponível, de acordo com o seu desejo. Essa brincadeira é ótima porque deixa as crianças livres para criarem seus próprios personagens, sem padronização. E devolve aos adultos a ludicidade.

  • Caça ao tesouro

As crianças adoram esse tipo de brincadeira. Para elas, é extremamente divertido sair em busca de pistas, resolver mistérios e encontrar o “tesouro”. Se você não tiver facilidade em criar pistas, faça uma caça ao tesouro diferente, como essa dica: 

  1. Desenhe um mapa no papel e rasgue em 3 partes e esconda pela casa. Você também pode usar um quebra-cabeça de poucas peças.
  2. Conforme a criança faz as tarefas da rotina, ela encontra uma “peça” do mapa ou do quebra-cabeça e, ao final, com todas as partes, ela recebe o tesouro ou ganha uma pista para sua localização. 
  • Pinturas divertidas

Que tal disponibilizar diferentes possibilidades de pintura para os pequenos? Uma ideia bacana é diluir um pouco de tinta guache em um potinho com água, depois colocar um pouco sobre o papel e espalhar a tinta assoprando um canudo. É muito divertido ver os desenhos abstratos que a tinta adquire ao ser soprada.

Outra ideia interessante é utilizar esponja, bolinhas de algodão e garfo para pintar. Para isso, basta molhar a esponja, o algodão ou o garfo na tinta e, em seguida, aplicar no papel. Essa brincadeira é interessante porque mostra os diferentes efeitos que se pode criar a partir de utensílios diversos.

Para os bebês, tintas naturais são sempre uma boa pedida e muito fáceis de fazer. Veja como é simples:

  1. Você vai precisar de 100gr de cada pigmento natural: urucum ou colorau para obter a cor alaranjada, terra para obter o marrom e pó de carvão para tons em preto e cinza.

  2.  3 frascos com tampa; 3 colheres ou palitos de sorvete; 100 ml de cola branca e 50 ml de água.

  3. Em um recipiente, coloque o pigmento e a água e misture até dissolver bem. Depois, acrescente a cola e misture novamente. Você pode adicionar mais pigmento para obter uma coloração mais viva ou adicionar mais cola para tons mais claros.

Dia de Sol, de Renato Moriconi. Compre na loja da Jujuba.

  • Cabaninha

Talvez essa seja a preferida da criançada e onde mora as melhores memórias afetivas de muitos adultos. Para fazer uma cabaninha não é preciso muito: basta um lençol. O tecido pode cobrir uma cadeira ou a mesa de jantar e, pronto, está feita a cabana. 

Também é possível prender um barbante entre duas extremidades, pendurar um cobertor ou lençol e, em seguida, prender a lateral do cobertor embaixo de um colchão e está armada a cabana. 

Ah! Também dá para fazer uma cabana de guarda-chuva ou guarda-sol, já pensou? É simples: basta abrir o objeto e posicionar ele no chão, depois é levar almofadas e livros da Jujuba para uma boa hora da leitura e pronto, diversão garantida.  

  • Massinha caseira

Aqui a curtição é do início ao fim: chame os pequenos para preparar essa receita de massinha junto com você, depois continue a brincadeira modelando figuras.

Ingredientes:

4 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 xícara (chá) de sal

1½ xícara (chá) de água

1 colher (sopa) de óleo (soja, girassol ou outro óleo comestível)

Corante comestível de cores variadas

Preparo:

Junte os ingredientes na ordem em que estão listados acima. Agora, mãos na massa! Misture até chegar na consistência de massa de modelar.

  • Boliche caseiro

Essa é uma ideia simples e superacessível: basta um conjunto de seis garrafas PET somadas a uma bolinha de plástico. Para deixar a brincadeira mais divertida, vale pintar as garrafas, picar papéis coloridos e colocar dentro delas, é só deixar a imaginação fluir.

Como reconhecer um monstro, de Gustavo Roldán. Compre na loja da Jujuba.

  • Dança da cadeira

Essa brincadeira já fez muito sucesso nas festinhas de aniversário da geração anos 1980. É hora de tirar a poeira dessa ideia e apresentar às crianças. Para começar é só montar um círculo de cadeiras com a parte do assento voltada para fora. Lembre-se: as cadeiras devem ser em número menor do que o de participantes. 

Agora é só colocar uma música e pedir para que os pequenos caminhem ao redor das cadeiras. Quando a música parar, todos devem buscar uma cadeira para se sentar. Quem ficar de pé está fora da rodada, que segue até restar apenas dois participantes e uma cadeira, e o que conseguir sentar-se nesta cadeira quando a música parar, vence o jogo.

  • Água e as possibilidades infinitas

Aproveite os dias de sol e calor e abuse das brincadeiras com água. As ideias são inúmeras, quer ver só?

Você pode colocar água em bexigas para jogar até elas estourarem. Outra ideia bacana é esticar uma lona com água e sabão e deslizar por ela.

Mas se falta espaço para essas brincadeiras, então, faça barquinhos de papel em uma bacia e crie divertidas aventuras.

Mas papai…, de Mathieu Lavoie e Marianne Dubuc. Compre na loja da Jujuba.

  • Guerra de travesseiro

Essa brincadeira é autoexplicativa, além de muito divertida. Chame a criançada para uma guerra de travesseiros pela casa. Vale se proteger atrás do sofá e surpreender os participantes com uma “travesseirada” certeira.

  • Estátua

O mestre da brincadeira controla o som. Os outros participantes dançam até ouvirem a ordem do mestre, que abaixa a música e diz: “estátua”. Nesse momento, as crianças devem ficar imóveis, enquanto o mestre faz caretas e brincadeiras pra ver quem se mexe primeiro. Quem se mexer ou rir sai da brincadeira e espera até que sobre somente um para reiniciar. 

Compartilhar Post
Escrito por
Sem Comentários

Deixe um comentário